Procedimentos

Plástica de Pálpebras / Blefaroplastia

Plástica das PálpebrasDescrição:

É cirurgia que visa à ressecção de pele e/ou bolsas de gordura das pálpebras superiores e inferiores, e eventualmente à correção de alterações como a ptose palpebral (queda das pálpebras). Nas pálpebras superiores, o mais habitual é a ressecção de pele, às vezes de músculo e das duas bolsas gordurosas, medial e lateral. Por esta via pode-se também elevar a cauda do supercílio, tratar a ptose palpebral ou tratar os músculos corrugadores, que provocam as rugas verticais entre os supercílios. Os músculos que provocam os “pés de galinha”, também podem ser tratados por esta incisão.

Nas pálpebras inferiores podem-se tratar as 3 bolsas (media, medial e lateral) por via transconjuntival (pela mucosa, por dentro das pálpebras), sem ser necessário incisão na pele. Se for necessário retirar também pele e/ou músculo, a incisão é inevitável.

 

Pré-operatório:

Os exames pré-operatórios normalmente solicitados são de sangue, urina e risco cirúrgico para pacientes acima de 50 anos ou com histórico de problemas cardíacos. A anestesia mais habitual é local com sedação feita pelo anestesista. A duração é de uma a duas horas e habitualmente tem alta no mesmo dia.

 

Pós-operatório:

Normalmente usa-se gelo nas primeiras 48 horas (diminui muito o inchaço). Retiram-se os pontos de 48 a 72 horas, podendo iniciar atividades leves. Atividades físicas normais com 3 semanas. Exposição ao sol quando o roxo desaparecer, normalmente entre 3 e 4 semanas.

Fernando Ramos | Cláudia Marapodi